O Projeto

INVENTANDO MESA surgiu do enorme fascínio que a beleza de uma mesa bem posta me causa desde criança.

Com minha avó materna, aprendi a apreciar a elegância dos detalhes: a delicadeza de uma louça fina, dos cristais e a da prataria, tudo estrategicamente disposto, respeitando certa rigidez estética, mas sem excessos.

Com minha mãe entendi que o toque pessoal, que dá alma a esse cenário, faz com que todos se sintam especiais e harmonizados em um momento que é de pura comunhão. É isso o que sempre acontece quando ela põe a mesa. Diga-se de passagem, que, além desse dom maravilhoso, ela cozinha divinamente!

Com minhas tias – Odete e Beatriz – fui iniciada na fabulosa arte de apreciar antiguidades e peças garimpadas, rico legado que amplia minhas fronteiras e aguça minha vontade de conhecer novas/velhas histórias.

Com meu pai, descobri que há ocasiões em que o tempo deveria ficar entre parênteses e os ponteiros do relógio imóveis: não se deve ter pressa ao sentar-se à mesa.

Com meu avô paterno, aprendi que o avesso também tem sua beleza e, assim, aprendi a desconstruir toda polidez e a criar o “caos” necessário que, afinal, é a parte divertida de tudo isso!

Com meu marido tenho descoberto que bom gosto não tem limite. Quando penso em tudo que já vi de lindo e moderno nessa vida, ele me surpreende com presentes que me tiram o fôlego e alimentam meu acervo com o que há de mais precioso: amor.

Com o Espírito Santo, que me inspira diariamente, compreendo que a mesa é um lugar sagrado, de comunhão, de partilha e que esse deve ser sempre um espaço aprazível e de paz.

Finalmente, ao completar 20 anos como produtora de moda e stylist em 2015, sinto-me ainda mais livre para experimentar novas possibilidades estéticas. Cultivar o apreço pelo design, pelo acabamento impecável, pela matéria-prima primorosa, pelo capricho dos detalhes e, ao mesmo tempo, misturar tudo de forma harmoniosa é, para mim, uma paixão.

E a vida segue nesse delicioso aprendizado. Tenho encontrado grandes amigos e parceiros especiais, que me apóiam e me incentivam a todo instante.

É com enorme prazer que, aqui, coloco minhas mesas para você!

Espero que elas te inspirem a montar as suas próprias mesas, para que sejam o lugar de dividir alegria, amor e carinho com as pessoas queridas.

Esse é o meio jeito de compartilhar a felicidade que me invade nesse precioso momento que é estar à mesa.

Colaboradores:

Sou imensamente grata a estes queridos parceiros e amigos que embarcaram comigo de corpo e alma nesta viagem, doando generosamente seu talento, tempo e paixão pelo que fazem. A eles, meu eterno carinho e gratidão!

 

Jornalista e Escritora: Lenora Rohlfs

 

Jornalista e Escritora: Lenora Rohlfs

Não é um texto jornalístico bem feito ou a campanha de publicidade impecável que fazem os olhos de Lenora Rohlfs brilhar. Na profissão há pouco mais de 25 anos, ela já passou por diversas editorias, já foi editora geral de jornal e revistas, já fez programas para rádio e TV, já escreveu livros sobre projetos de arquitetura e mais um montão de coisas que muitos que são da área costumam fazer. Mas hoje, acumulada todas as experiências profissionais e pessoais, ela está certa de que seu encantamento está nas histórias que são contadas de um jeito muito particular. Sem fórmulas, sem regras, apenas deixando que coração e mente criem um vínculo direto com a palavra.  Para Lenora Rohlfs, escrever é como fazer música, aliás, algo fundamental em sua vida. Às vezes pode acontecer um heavy metal, ou um sambinha, ou um jazz, ou um cordel. Não importa o ritmo nem a linha melódica. Para ela, importa é ser verdadeira com o que está lá dentro e com as pessoas ou objetos que a inspiram a contar essas histórias.

 

Diretora de Arte: Luciana Nacif

 

Luciana Nacif

A linha que costura os relevos por onde Lu Nacif trafega é precisa. Embora nada que faça tenha parentesco com o óbvio, há um conforto nítido quando ela está presente. Em tudo o que faz há uma elegância sem esforço que encanta pela forma original como ela se coloca. São muitos anos de moda a orientar a competência do seu olhar: primeiro como modelo, que a levou também para fora do Brasil, e depois como diretora de arte. Certamente, a experiência em agências de publicidade permitiu que ela construísse uma visão estratégica do mercado, afiadíssima por sinal. Há dez anos, Lu Nacif desenvolve um trabalho de gestão de imagem em seu Lou Lou Bureau de Criação. Se sua desenvoltura já confere segurança a qualquer projeto que leve sua assinatura, a vida nada estática dessa profissional a direciona para alcançar novos cumes. Há dois anos, iniciou seu MBA em Paris, no Institut Français de La Mode, em Gestão de Criação em Moda e Design. O curso, que acontece em Paris, Nova York e Hong Kong e é associado às escolas FIT e Poli-U, criou em sua vida a exigente rotina de

passar 10 dias por mês na capital francesa. A finalização desse projeto será em setembro de 2015, quando apresenta sua dissertação sobre um novo modelo de gestão ambidestra. Há ainda a novidade da primeira coleção de joias contemporâneas lançada com a irmã Juliana Nunes, pela marca Jun. Para uma vida em que todas as nuances são claras e muito evidentes, serão novas cores no universo da mãe de Helena, de nove anos, essa sim, sua essencial fonte de inspiração e de conexão com o novo.

 

Fotógrafo: Weber Pádua

 

Fotógrafo: Weber Padua

A primeira Kodak foi presente do pai aos 15 anos de idade. A máquina na mão prenunciava o que viria, confirmando no primeiro clique uma paixão instantânea. Nos quase 30 anos de carreira, Weber Pádua tem imprimido em seu trabalho um estilo próprio, no qual a técnica e a percepção artística fazem da sua assinatura algo peculiar. Quando a moda roçou seu caminho, encontrou aí material farto para fazer o que mais lhe atrai. “Gosto de fotografar gente.” A rotina de capas de revista, editoriais, desfiles, catálogos e fotos de produtos poderia beirar ao tédio, como é comum acontecer a tudo que vira corriqueiro na vida de qualquer um. No caso de Weber, ele consegue dar a cada trabalho um frescor que parece inesgotável. E como não se esgota, faz com que ele investigue portas já abertas para apresentar algo novo. Depois de lançar o primeiro livro “Weber Padua 5X5”, tradução de 25 anos de carreira e de sua relação com o olhar, a técnica e a arte, ele volta à estrada. Um mergulho no cotidiano urbano do Japão serve como base para a nova publicação. É evidente que o

longo convívio com a moda influencia o olhar de Weber na fotografia de rua. Mas há o inusitado: entre Tokyo, Kyoto e Ozaka, ele buscou acasos para mostrar personagens da vida real, sem retoques. Uma adorável volta ao começo. Desta vez, com temperos que só se concretizam para quem vive intensamente aquilo que faz. No caso, a fotografia, seja de que estilo ela for. Impossível não repetir as palavras do crítico de arte Ricardo Chaves Fernandes sobre o profissional: “Homem de pensamento rápido e apaixonado pela diversidade, sua observação corre na velocidade da luz, e só a fotografia seria realmente capaz de prender o seu pensamento, registrando em um clique aquilo que o artista desvenda na imediatez de seu olhar.”

É esse aí mesmo, Weber Pádua.

 

Vídeo Maker: Gustavo Belém

 

Video Maker: Gustavo Belém

O que difere um trabalho do outro? Em um mercado cada vez mais competitivo, é a maneira como se conta uma história que permite a alguns se destacarem e, assim, serem requisitados por uma clientela sempre exigente. Com Gustavo Belém acontece exatamente isso. Ao produzir vídeos publicitários, documentários, clipes, entre tantos outros trabalhos, ele se dedica ao que faz com afinco. Não é só o fazer. Gustavo quer sempre saber mais sobre o produto, sobre o público ao qual se destina e só aí, literalmente, monta uma história que tenha a ver com o contexto, o que torna seus vídeos únicos. A experiência vem de longa data.
Aos 14 anos já era assistente de câmera e, aos 16, já estava completamente tomado de paixão por esse universo em que as imagens falam tudo. Formado em publicidade pela FUMEC, ele está no comando da Studio 3K e tem em seu portfólio clientes de peso como Banco do Brasil, Coca-Cola, Líder Aviação, Iveco, Ambev, as marcas Vivaz e Iorane, etc.
E, sim, claro, além de encontrar a melhor maneira de contar uma história,

ao misturar imagem e ação com maestria é preciso técnica precisa e o domínio de um universo que somam mínimos detalhes, que vão de como a imagem é captada à edição, para que o resultado seja realmente surpreendente. É o caso de Gustavo Belém.

 

Flower Designer: Marcela Ferrari

 

Flower Designer Marcela Ferrari

A Flower Designer Marcela Ferrari ,além de linda,nasceu com um talento nato! Desde de criança era encantada por flores. Autodidata, começou montando arranjos seguindo a sua intuição. Seus arranjos surpreendentes começaram a chamar  atenção dos amigos e resto da estória vocês já podem imaginar…O que era uma simples brincadeira virou um business super requisitado!

Diretora de Marketing: Verônica Viana

 

É engraçado apresentar alguém começando por seu signo no zodíaco. Mas Verônica Viana tem tantas facetas que vale apena saber que essa “legítima pisciana” traduz muito bem seu perfil astrológico. Ela é sensível, sonhadora, apaixonada e vive de acordo com a força e a fertilidade de sua imaginação. Se isso já não é pouco, espere, porque tem muito mais. Aos 18 anos, Verônica foi intercambista na África do Sul, numa época de profunda transformação social e política no país, com a eleição de Nelson Mandela para presidente, em 1996. Depois, morou em Boston, nos Estados Unidos, onde estudou College em Ciências Políticas. De volta ao Brasil, fez Relações Internacionais na PUC-MG. Durante esse período rico em conhecimento e aprendizagem, nasceu Maria Clara, sua filha, que a mudaria para sempre. Foi quando descobriu o sentido da vida e o que é amar incondicionalmente. Nessa mesma época, uma grande oportunidade profissional pontuou sua vida: começou a trabalhar na Aethra Componentes Automotivos, um dos maiores grupos de auto-peças do Brasil. Ao gerenciar todo o processo de vendas, conheceu montadoras de outros países e trabalhou em desafiadores projetos mundiais. E como é sonhadora e apaixonada pelo que faz, a Pós em Engenharia de Vendas pelo o IETC e o MBA de Gestão de Negócios pelo IBMEC foram importantes em sua busca incessante por profissionalização e conhecimento. E como gosta de desafios, conheceu seu sócio, Leonardo Passos, um jovem e brilhante publicitário e, juntos, montaram a Afirma Comunicação, empresa focada em estratégias de marketing digital e web. Após cinco anos de empresa, Verônica se sente realizada, com a certeza de estar no caminho certo. Ela diz que é um privilégio não só dela, mas de toda a equipe da Afirma Comunicação, fazer parte da equipe de um projeto como o Inventando Mesa. Pois saiba, Verônica, que o privilégio é todo nosso.